ABN - Agência Brasil de Notícias

MENU
BUSCAR
MENU
BUSCAR

Política




Orçamento sem transparência

Líder do governo no Congresso e mãe de Ciro nogueira lideram indicações ao orçamento secreto

Parlamentares de oposição levantam que as emendas do relator se converteram em uma moeda de troca usada pelo governo par angariar o apoio do legislativo

Por Jonas Wesley, 11/05/2022 13:26

Documentos enviados pelo Senado ao Supremo Tribunal Federal (STF) indicam que o relator do Orçamento, senador Márcio Bittar (União-AC) e a senadora Eliane Nogueira (PP-PI), mãe e suplente do atual ministro da Casa Civil, Ciro Nogueira, foram os parlamentares que mais receberam recursos das RP-9 em 2021. Essa rubrica, conhecida como emendas do relator, passou a ser chamada de orçamento secreto devido à falta de transparência quanto a sua distribuição. 

Bittar afirma ter apoiado o envio de R$ 460 milhões para cidades do Acre naquele ano. Como relator do orçamento, cabia a ele a decisão sobre a alocação das emendas uma vez que é, formalmente, o autor de todas as emendas da RP9.

Leia mais: Moraes unifica inquéritos sobre milícias digitais e ‘Fake News’ em live de Bolsonaro

Já Eliane Nogueira registrou R$ 399,2 milhões em indicações, ficando com o segundo lugar. Eliane assumiu o cargo outrora ocupado pelo filho, Ciro Nogueira (PP-PI), em julho de 2021, quando ele se licenciou do Senado para ocupar o posto de ministro chefe da Casa Civil do governo Bolsonaro.

Parlamentares de oposição levantam que as emendas do relator se converteram em uma moeda de troca usada pelo governo par angariar o apoio do legislativo em votações estratégicas.

O documento foi remetido por Rodrigo Pacheco (PSD-MG), presidente do Senado, na última segunda-feira (9) em atendimento a um pedido da corte. Ele contém ofícios elaborados 404 parlamentares que responderam aos pedidos de detalhamento de liberação de recursos entre 2020 e 2021 dentro da rubrica em questão.

Seguem Bittar e Eliane Nogueira, o presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL) em terceiro lugar, com R$ 276,8 milhões indicados; o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, em quarto, com R$ 180,4 milhões indicados; e o ex-líder de governo no Senado, Fernando Bezerra (MDB-PE), com R$ 143 milhões
ABN - Agência Brasil de Notícias

© Copyright 2022 ABN - Agência Brasil de Notícias.

Nome completo

E-mail

Assine nossa newsletter e receba em seu e-mail nossas notícias em seu e-mail em tempo real.

Faça sua busca em nosso banco de notícias

Nome

Aguarde carregando...

Aguarde, carregando o sistema...

0%

Cadastre-se

Nome completo ou nome da empresa

E-mail

CPF ou CNPJ

Telefone fixo

Celular

Senha


Esqueci Minha Senha

Voltar ao login


Formulário de contato

Nome

E-mail

Telefone ou celular

Texto