ABN - Agência Brasil de Notícias

MENU
BUSCAR
MENU
BUSCAR

Política




Eleições

Um dia após vencer prévias do PSDB, Dória diz ser possível uma aliança com Moro

Governador de São Paulo foi escolhido para disputar a Presidência nas prévias do PSDB

Por Patrícia Rabelo, 29/11/2021 09:13

 

Foto: Divulgação

Um dia após vencer as prévias no PSDB para disputar a Presidência em 2022, o governador de São Paulo, João Doria, falou neste domingo, 28, em uma "possível" aliança com o ex-ministro Sérgio Moro, que se filiou este mês ao Podemos, e fez elogios aos senadores Simone Tebet (MDB-MS) e Rodrigo Pacheco (PSD-MG), presidente do Congresso. 

"Sim, é possível. Tenho boas relações com o Sergio Moro e tenho respeito por ele. Mantemos boas relações e, aliás, não haveria nenhuma razão para não manter boas relações com alguém que ajudou o Brasil, que contribuiu com a Lava Jato", disse Doria sobre o ex-ministro de Jair Bolsonaro.

Leia mais: João Doria vence prévias do PSDB e será o candidato à Presidência do partido

Na sequência, ele também elogiou a senadora Simone Tebet (MS), pré-candidata do MDB, e o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD-MG), que também deve disputar o Palácio do Planalto no ano que vem.

"Há vários bons pré-candidatos que merecerão boas conversas com o PSDB, conosco, e da nossa parte com eles também. Nós temos que estar juntos para termos um projeto para os brasileiros e para o Brasil. Não vejo condições de um projeto de um partido, não vejo sequer condições de um projeto do PSDB. Vejo, sim, um projeto para o Brasil", acrescentou o tucano.

Doria revelou ainda ter conversado com pré-candidatos e líderes partidários ontem, após o anúncio de sua vitória nas prévias do partido, mas não quis revelar nomes. O governador paulista foi ainda questionado sobre as pesquisas eleitorais e se elas são o único fator para a escolha de um candidato.

"A pesquisa não é o único elemento necessário para isso. A pesquisa é parte integrante, mas tem que ter a composição de forças que esse candidato possa representar e, além disso, a capacidade de fazer enfrentamento com Lula e Bolsonaro. Eu quero estar distante desses dois. Eu os combaterei, serei muito duro contra Lula e Bolsonaro", respondeu Doria.

(*) Com informações da Uol

ABN - Agência Brasil de Notícias

© Copyright 2022 ABN - Agência Brasil de Notícias.

Nome completo

E-mail

Assine nossa newsletter e receba em seu e-mail nossas notícias em seu e-mail em tempo real.

Faça sua busca em nosso banco de notícias

Nome

Aguarde carregando...

Aguarde, carregando o sistema...

0%

Cadastre-se

Nome completo ou nome da empresa

E-mail

CPF ou CNPJ

Telefone fixo

Celular

Senha


Esqueci Minha Senha

Voltar ao login


Formulário de contato

Nome

E-mail

Telefone ou celular

Texto